banner-sdai

SDAI tem, como finalidade, detectar inicialmente o fogo de modo que o mesmo possa ser combatido de forma imediata para que possa preservar a vida, o patrimônio e o meio ambiente. O sistema de segurança deve antes de qualquer coisa ser inteligente e sensível para que possa operar de forma segura e integrada a uma rede de centrais de incêndio que compreende os detectores de fumaça, de aspiração, acionadores manuais, sinalizadores e módulos de controle.

Qual a importância de um SDAI?

Um sistema de detecção de incêndio (SDAI) deve ser planejado e disposto para identificar e também executar os comandos de alarme, sejam eles manuais ou automáticos, com o intuito de exterminar as chamas. Para isto, é importante que haja um controle a partir de modelos de servidores e que possuam os seguintes aspectos:

  • Acesso fácil e rápido aos dados do sistema a qualquer momento que você julgue necessário;
  • Sistema de filtro e/ou segurança onde os pontos de acesso possam ser nomeados através de um banco de dados;
  • Facilidade de se gerar e/ou obter relatórios e análises que possam ser baseados em dados enviados pelos servidores e cujas informações estejam disponibilizadas para qualquer servidor.

Principais dispositivos de um SDAI

Para o devido combate a incêndio, podem-se considerar os seguintes dispositivos:

  • Detector de fumaça de alta sensibilidade por meio de aspiração: Contém uma rede de dutos internos que aspiram o ar, o qual passa por dois filtros, sendo que um deles tem o objetivo de deter as partículas de sujeira enquanto o outro de evitar a contaminação dos sensores;
  • Detector de fumaça de alta sensibilidade a laser: Possui uma câmara com laser  e um algoritmo que rejeita o alarme falso;
  • Detector de fumaça fotoelétrico: Possui uma câmara óptica que consegue detectar vários tipos de fumaça provocada e a comunicação deste detector é realizada em grupo, ou seja, quando algum tipo de informação é obtida de forma diferente, a central de processamento se volta para este dispositivo para encontrar o problema;
  • Mini módulo monitor e relé: Possui a função de supervisionar dispositivos e transforma-los em um ponto endereçável. Já o módulo relé tem a finalidade de ligar e desligar ventiladores e exaustores, além de comandar a abertura de comandos e passagens restritas;
  • Módulo isolador de curto circuito: É o tipo de modelo que permite parte do sistema funcionando enquanto aqueles que estiverem ligados à falha desligados. Assim que há um reparo da parte com problema a operação é retomada.

Funcionamento do Sistema

O SDAI pode funcionar de duas formas e de acordo com a necessidade do ambiente como se pode observar:

  • Alarme de incêndio em ambientes com detecção e sem combate a incêndio
  • Alarme de incêndio em ambientes com detecção e combate a incêndio